Compartilhar

Pela primeira vez teremos uma Copa do Mundo de Futebol Feminino como deve ser um evento de tal importância. Uniformes exclusivos, álbum de figurinhas, transmissão em TV aberta. Pode parecer que tudo isso é normal a um torneio de proporção mundial, mas é muito mais do que isso.


Divulgação oficial do Mundial Feminino na França em 2019.

O torneio que se iniciou no último dia 07 de Junho, é um marco no esporte que é querido por tantos torcedores, mas que infelizmente ainda sofre preconceito e certa rejeição quando jogado por mulheres. Não só preconceito por parte dos torcedores, que diga-se de passagem nem tem como acompanhar os jogos e rotinas dos clubes e seleções mesmo que queiram.

Estamos falando de um preconceito daqueles que fazem o futebol. Dirigentes, federações, clubes e patrocinadores, demoraram a entender que o futebol é um esporte sem gênero, como todos os outros. É uma paixão que move muita coisa ao seu redor. Mas agora a tão esperada evolução está ocorrendo.

Álbum de Figurinhas da Copa do Mundo Feminina 2019.

O mundial desse ano está dando o devido valor que modalidade merece. Por todos. Segundo a Fifa foram vendidos 720 mil ingressos para o mundial. As seleções terão uma vitrine enorme, jogadoras poderão mostrar como amam esse jogo e fazem dele um espetáculo, tal qual os homens.

Muitas empresas irão adotar a parada no dia dos jogos da Seleção. Grupos de pessoas, não só mulheres, se organizam para acompanhar e torcer. Marcas fazem campanha para que outras apoiem e patrocinem a modalidade. Filmes publicitários reproduzem a emoção dentro de campo, retratando as jogadoras como guerreiras. Contagiante.

Só Delas! Uniforme Exclusivo da Seleção Feminina.

Se dentro de campo o show já é feito por elas, fora também. Afinal ninguém melhor para cobrir o evento do que as mulheres. Comentaristas, repórteres, setoristas, claro que os homens estão envolvidos, mas elas estão lá para ser protagonistas em todos os aspectos.

Não importa que vença. O esporte já é o principal vencedor. Ainda existe muita coisa para melhorar, a igualdade em relação ao patamar do que ocorre no futebol masculino está bem longe, mas a evolução é clara e linda.

Nosso Esquadrão.

Que essa Copa seja um grande passo para a construção de uma caminhada longeva e ascendente. Que possamos vivenciar e torcer pelo futebol feminino como já fazemos em outras modalidades, como vôlei, por exemplo.

Que incentivemos nossas mulheres, filhas, irmãs, amigas, namoradas a jogar, amar, se orgulhar e querer ser uma jogadora, profissional ou não, mas acima de tudo feliz e respeitada por sua escolha.

Pra frente Brasil! Para frente mulheres! É o momento de vocês.

Compartilhar

Comentários

Seu endereço de email não será publicado

Posts Relacionados