Compartilhar

Contratos milionários, premiações generosas, campanhas publicitárias de altas cifras, patrocínios vitalícios. Os atletas de alto nível nunca ganharam tanto dinheiro. Há quem diga que ainda é pouco pelo retorno que os mesmo dão aos seus investidores, mas não podemos negar, é muita grana!

Desde 1990 a revista Forbes acompanha os mais bem pagos do esporte, e apenas sete atletas chegaram ao topo desde 1990 (Tiger Woods detém o recorde de 12 vezes em primeiro lugar). O ícone do futebol mundial, Lionel Messi, adiciona um oitavo nome à lista este ano e, após o rival de longa data Cristiano Ronaldo, é apenas o segundo jogador a se classificar primeiro.

Top 10 – esses são os 10 atletas que mais arrecadaram segundo a Forbes.

Já o top 100 abrange 10 esportes e inclui atletas de 25 países. Seus US $ 4 bilhões em ganhos combinados de prêmios em dinheiro, salários e endossos entre junho de 2018 e junho de 2019.

Top 5 – entre salários, premiações e direiros

Quando isolamos os ganhos, os atletas de Basquete dos Estados Unidos disparam na frente com US $ 1,3 bilhões em ganhos acumulados. Isso se deve pela quase duplicação do teto salarial nos últimos cinco anos. Os jogadores de futebol americano vem logo atrás com US $ 775 milhões e em seguida o futebol com US $ 607 milhões.

Cara de mau e bolso cheio! Lebron James, Steph Curry e Kevin Durant, os que mais ganharam no basquete.

Os Estados Unidos é o país que mais reúne atletas no ranking. Mais da metade dos 100 principais assalariados jogam na NFL ou na NBA, dando aos americanos a vantagem sobre os ganhos totais, mas os direitos de imagem e patrocínio de estrelas internacionais de tênis e futebol significam ganhos médios mais altos para aqueles fora dos EUA.

Se quiser saber mais sobre o ranking dos TOP 100 da Forbes clique no link:

https://www.forbes.com/athletes/#69c7ca7d55ae

Fonte: Forbes

Compartilhar

Comentários

Seu endereço de email não será publicado

Posts Relacionados