Compartilhar

Bastou um tweet dizendo que iria concorrer ao próximo pleito para a corrida à Casa Branca em 2020, que Kanye West causou impacto novamente.

Entre aqueles que comemoraram, aqueles que torceram o nariz, entusiastas e céticos, uma pergunta foi unânime: qual a razão (ou razões) para Kanye querer ser presidente dos Estados Unidos?

Há quem diga que é mais um dos devaneios melagomaniacos de Ye ou até mesmo uma possível ajuda a Donald Trump, de quem ele foi apoiador e ainda mantém relações. Mas penso que essa fase o artista já passou. Tendo a achar que os motivos são outros, bem mais ligados a nova personalidade de Kanye, um cara conectado como nunca ao conceito de comunidade e família. A ligação com Elon Musk também pode dizer muito. Uma outra coisa não me sai da cabeça, com os recentes acontecimento envolvendo a comunidade negra americana, que reverberou no mundo inteiro, pode ser um dos motivos para despertar em Kanye essa vontade de estar a frente de uma nação que ainda convive com problemas raciais. Nada melhor do que novamente um líder negro para empoderar a população e dar mais voz a suas reinvidicações. Mesmo que essa campanha não ocorra de fato, com certeza já foi uma injeção de autoestima para a cultura negra.

Outra possibilidade, seria, e temos que entender que isso é possível sim, de Kanye de fato querer ser presidente. Ele pode estar testando a repercussão que sua candidatura teria e mesmo que não se eleja, abrirá um legado a ser explorado para as próximas eleições. E dependendo do seu desempenho ele pode chegar com boas chances de vencer.

Seria incrível ter um representante das artes com Kanye liderando a maior potência muldial. Um cara inegavelmente visionário e muito inteligente. Voltando a Elon Musk, seria ele um possível vice? Mas a política não é um terreno para aventuras, isso já está provado. Kanye teria que abrir mão de muitas convicções que com certeza tem e carrega consigo em planos mentais que ele deve desenvolver solitariamente entre uma nova música ou um novo par de Yeezy. Um cara com uma personalidade tão, digamos, peculiar estaria preparado para o jogo político tão cheio de meandros e artimanhas?

De qualquer forma vamos assistir a um desenrolar dos fatos que vão mostrar se ele irá concorrer, até la seguimos com o grande artista que ele já é.

Compartilhar

Comentários

Seu endereço de email não será publicado

Posts Relacionados