Compartilhar

Lançado em 2017, o filme da Liga da Justiça criou uma grande expectativa em seus milhares de fãs. Tanto pelo que representa a reunião de heróis tão emblemáticos para a Cultura Pop, quanto claro, pela rivalidade com os fãs da Marvel (não sei se é proibido ser fã dos dois, mas vai entender!).

Contudo, as mudanças de direção que o filme sofreu, sai Zack Snyder e entra Joss Whedon, a falta de apresentação prévia e desenvolvimento dos personagens principais (naquela altura apenas Homem de Aço e Batman vs Superman haviam chegado ao espectador), a presença de um grande Vilão (desculpem mas a comparação com o caminho trilhado pela Marvel é inevitável), em resumo, faltava mais “pavimentação” do caminho para que um filme com a grandeza de Liga da Justiça pudesse ser realizado. Tudo muito prematuro. O que os fãs receberam? Um filme bem mais ou menos. E isso é a mesma coisa de nada.

Uma história bem fraca, efeitos especiais que podiam ser bem melhores, só lembrar do fatídico bigode do Superman…oh God. O Batman de Ben Affleck que tinha sido bem recebido em Batman vs Superman, alguns até o elegeram como o melhor Batman de todos, no filme da Liga ficou totalmente descaracterizado. Se salva o carisma de Gal Gadot, que depois viria a fazer um super filme solo da Mulher Maravilha, Jason Momoa com seu Aquaman, que idem, fez um super filme solo, Ezra Miller que fez as vezes da parte cômica do grupo e entregou bem, e por fim Cyborg que tinha até e potencial, mas acabou sublimado pela mediocridade do filme. O vilão? Melhor nem comentar (alguém se lembra dele?). Cadê o Darkside!?

Enfim, foi uma decepção. Tanto que tempos depois do filme, a possibilidade de uma versão alternativa para o filme, uma versão do diretor Zack Syner, virou uma espécie de obsessão dos fãs da DC. Campanhas para que a Warner liberasse o Snyder Cut tomou conta das redes sociais e gerou até uma petição pela versão estendida. E depois de muita insitência, funcionou.

A Warner anunciou que irá liberar o esperado Snyder Cut. O filme ganhará uma versão estendida para o streaming HBO Max em 2021.

Prometido como uma versão mais “dark”, o filme da Liga da Justiça na versão de Zack Snyder, que em material bruto tem mais de 4 horas, que ainda terá que ter uma ajuste fino, o que levou a HBO a definir se o filme será lançado na íntegra ou em formato de episódios.

Em termos de rumores, há quem diga que Darkside dará as caras, talvez uma palhinha. Mais tempo de tela para Flash e Cyborg também estão sendo especuladas. Será que teremos o Supeman de roupa preta?

Bom, o que interessa de fato é se essa versão será capaz de mudar a percepção do público em relação ao filme? Eu acho que sim. Calma, não estou dizendo que será uma mudança total, que faria o filme passar de médio para o patamar de obra-prima. Mas acredito que pelos bons trabalhos que já vimos Zack Snyder conduzir, pelo menos nos leva a crer que o seu LJ estará mais alinhado com a grandeza que esses personagens representam. Mas não me iludo, não tem milagre. Temos que ter boa vontade em aceitar que essa possibilidade da mudança de ótica do Diretor possa nos trazer algo perto do que esperávamos. Aguardemos 2021 então.

E você, está otimista ou pessimista em relação ao Snyder Cut?

Compartilhar

Comentários

Seu endereço de email não será publicado

Posts Relacionados