Compartilhar

Hoje iremos falar de mais um tênis icônico: o Adidas Superstar. Pode-se afirmar que esse sneaker é um dos principais responsáveis pelo surgimento da cultura snekaerhead e principalmente como ela refletiu em diversos outros nichos da cultura Pop.

Como em praticamente todos os casos de tênis icônicos, o Adidas Superstar nasceu como um equipamento de performance para atletas e ao longo do tempo transcendeu essa origem e hoje faz parte de uma grande massa de itens que compões a cultura Pop.

Criado em 1969 num tipo de “evolução” do modelo Pro Model, se notabilizou nas quadras através de nomes como Kareem Abdul Jabbar e logo caiu no gosto do público. De visual simples e clean, tinha como principal característica seu bico, que por ter um formato de concha, ficou conhecido como “shell toe”.

Até idos dos anos 80 o Superstar transitava entre as quadras e as ruas de maneira normal, até que foi adotado pelo grupo de Rap RUN DMC, que fazia muito sucesso na época. A adoração pelo calçado era tamanha que o grupo chegou a fazer uma música para o tênis, chamada “My Adidas”, que entoada em seus shows promovia uma manifestação bem legal no público que levantava seus pares de Superstar para o alto. A repercussão era tão grande que levou o grupo a assinar com a Adidas o primeiro contrato de patrocínio de uma marca esportiva com um “não-atleta”. Estima-se que o valor total do contrato foi de US$ 1 milhão, cifra altíssima para a época. Esse movimento abriu as portas para o que hoje é muito comum, associação entre marcas esportivas e artistas.

Ao longo dos anos diversos outros artistas também usavam e cultuavam o Adidas Superstar. O tênis estava cada vez mais ligado a outras culturas do que ao esporte. O Adidas Superstar já estava enraizado na moda, na música, era visto em filmes, ou seja, a essa altura já era património do Pop.

Assim como o Air Jordan 1, o Adidas Superstar é famoso por suas inúmeras combinações de cores, materiais e estilos. Já foi muito usado para diversas colaborações entre a Adidas e outras marcas.

As japonesas Bape e Mastermind adoram usar o Superstar em suas collabs. A Undefated também já usou o modelo em suas colaborações. O tênis já foi ilustrado por Darth Vader e os principais personagens da saga Star Wars. Na moda já recebeu as “asas” do designer Jeremy Scott e na música brilho com colaborações com Rita Ora e principalmente Pharrell Williams.

Não há o que contestar: o Adidas Superstar é um ícone atemporal. Adorado por milhares de pessoas, das mais ligadas a cultura até aquela que nem sequer sabe o que é, que agrada de 8 a 80.

Gostou desse conteúdo? Então selecionamos outro que você vai curtir também. Clica na imagem abaixo que te enviamos direto para lá! God Bless
Compartilhar

Comentários

Seu endereço de email não será publicado

Posts Relacionados